O Cloridrato de Terbinafina é utilizado para o tratamento de infecções fúngicas de pele causadas por dermatófitos como Trichophyton, Microsporum canis e Epidermophyton floccosum. Também é indicado para o tratamento de uma condição chamada pitiríase causada por Pityrosporum orbiculare. Este medicamento também é indicado para o tratamento de infecções de pele fúngicas por leveduras do gênero Candida.

 

CLORIDRATO DE TERBINAFINA SHAMPOO É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.

MEDICAMENTOS PODEM CAUSAR EFEITOS INDESEJADOS. EVITE A AUTOMEDICAÇÃO: INFORME-SE COM O FARMACÊUTICO.

CLORIDRATO DE TERBINAFINA 10mg/g 20g - Medley

R$ 15,00Preço
  • CLORIDRATO DE TERBINAFINA

    Cloridrato de Terbinafina, para o que é indicado e para o que serve?

    Comprimido

    Cloridrato de Terbinafina oral está indicado para o tratamento:

    • Onicomicose (infecção fúngica da unha) causada por fungos dermatófitos;
    • Infecções fúngicas da pele para o tratamento de Tinea corporis, Tinea cruris, Tinea pedis; infecções cutâneas causadas por leveduras do gênero Candida (por exemplo, Candida albicans), em que a terapia por via oral geralmente é considerada apropriada, conforme o local, a gravidade ou a amplitude da infecção.

    Observação: Ao contrário de Cloridrato de Terbinafina tópico, Cloridrato de Terbinafina oral não é eficaz no tratamento de Pitiríase versicolor (também conhecida como Tinea versicolor).

    Creme / Solução Tópica

    Cloridrato de Terbinafina tópico é indicado nos casos de:

    • Infecções fúngicas da pele causadas pelos dermatófitos, Trichophyton (como T. rubrum, T. mentagrophytes, T. verrucosum, T. violaceum), Microsporum canis e Epidermophyton floccosum. Exemplos dessas infecções são a tinha pedis (pé-de atleta), a tinha cruris (inguinal) e a tinha corporis.
    • Pitiríase (tinha) versicolor causada pelo Pityrosporum orbiculare (também conhecido por Malassezia furfur).

    Cloridrato de Terbinafina creme também é indicado nos casos de infecções da pele causadas por leveduras, principalmente aquelas do gênero Candida (por exemplo, candidíase cutânea causada pela Candida albicans).

    Quais as contraindicações do Cloridrato de Terbinafina?

    Comprimido

    Cloridrato de Terbinafina oral é contraindicado em casos de hipersensibilidade conhecida ao Cloridrato de Terbinafina ou a qualquer um dos excipientes da formulação, e em pacientes com doença hepática crônica ou ativa.

    Creme / Solução Tópica

    Hipersensibilidade conhecida ao Cloridrato de Terbinafina ou a qualquer componente da formulação.

    Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos. As forma farmacêutica spray só deve ser utilizada por adultos (acima de 18 anos).

    Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

    Como usar o Cloridrato de Terbinafina?

    Comprimido

    Cloridrato de Terbinafina oral deve ser usado por via oral com água. Ele deve ser tomado preferencialmente no mesmo horário todos os dias, com o estômago vazio ou após uma refeição.

    Adultos

    250 mg, uma vez ao dia.

    Duração recomendada do tratamento em:

    Infecções cutâneas

    Tinea pedis (interdigital, plantar/tipo mocassim)

    2 a 6 semanas

    Tinea corporis (tinha do corpo), T. cruris (tinha crural)

    2 a 4 semanas

    Candidíase cutânea

    2 a 4 semanas

    A cura micológica pode preceder de algumas semanas ao desaparecimento completo dos sinais e sintomas da infecção.

    Onicomicose

    Para a maioria dos pacientes, a duração do tratamento bem sucedido é de 6 a 12 semanas.

    Onicomicose nas unhas das mãos

    Na maioria dos casos, 6 semanas de tratamento são suficientes para o tratamento de infecções nas unhas das mãos

    Onicomicose nas unhas dos pés

    Na maioria dos casos, 12 semanas de tratamento são suficientes para o tratamento de infecções nas unhas dos pés

    Alguns pacientes com crescimento ungueal lento podem requerer tratamentos mais prolongados. O efeito clínico ótimo é observado alguns meses após a cura micológica e a interrupção do tratamento. Esse efeito se relaciona ao período necessário ao crescimento de tecido ungueal sadio.

    Populações especiais

    Insuficiência renal:

    O uso de Cloridrato de Terbinafina oral não foi adequadamente estudado em pacientes com insuficiência renal e, portanto não é recomendado nesta população de pacientes.

    Insuficiência hepática:

    Cloridrato de Terbinafina oral é contraindicado em pacientes com doença hepática crônica ou ativa.

    Pacientes idosos:

    Não há evidências de que os pacientes idosos (65 anos ou mais) necessitem de doses diferentes ou que apresentem outros efeitos diferentes em relação aos pacientes mais jovens. Quando os comprimidos de Cloridrato de Terbinafina oral forem prescritos a pacientes nessa faixa etária, deve-se considerar a possibilidade de diminuição da função hepática ou renal pré-existentes.

    Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

    Creme / Solução Tópica

    Para uso tópico

    Lavar e secar a área infectada completamente antes de aplicar Cloridrato de Terbinafina tópico.

    Em caso de infecções intertiginosas (submamárias, interdigitais, interglúteo, inguinal) a aplicação deve ser coberta por uma gaze, especialmente a noite.

    Creme

    Antes do primeiro uso, o selo da bisnaga deve ser rompido com a tampa da mesma.

    As áreas afetadas devem ser limpas e secas antes da aplicação.

    O creme deve ser aplicado na área afetada da pele e na área em volta com uma camada fina, esfregando lentamente.

    Spray

    A área afetada deve estar limpa e seca antes da aplicação de Cloridrato de Terbinafina spray. Uma quantidade suficiente de spray deve ser aplicada a fim de cobrir a área a ser tratada e para cobrira pele afetada e áreas vizinhas.

    Tinea pedis interdigital

    1 vez ao dia por 1 semana

    Tinea corporis

    1 vez ao dia por 1 semana

    Pityriasis versicolor

    Spray:

    2 vez ao dia por 1 semana

    Creme:

    1 a 2 vezes ao dia por 2 semanas

    Candidíase cutânea:

    1 a 2 vezes por dia por 1 semana

    A melhora dos sintomas clínicos normalmente ocorre dentro de alguns dias. O uso irregular ou a interrupção prematura do tratamento leva ao risco de recorrências. Se não houver sinais de melhoras após 2 semanas, o médico deve ser consultado.

Rua José Pires Neto 151 • sobreloja • Cambuí/Campinas/SP

© 2018 by Listrazza. Parceria com Wix.com